CONTACTE-NOS: (+351) 218 520 043 / (+351) 965 555 727

EMAIL: geral@luacrescente.pt

Banner creche

CRECHE

Descubra na nossa creche um espaço de desenvolvimento e aprendizagem.
Na Lua Crescente respeitamos e compreendemos as necessidades
da sua criança.

A importância da Creche para as crianças

Os 3 primeiros anos de vida são muito importantes na vida da sua criança, pois é nessa etapa que se começam a desenvolver características físicas, afetivas e intelectuais. Cada uma delas é um ser único e, portanto, apresenta características que lhe conferem a sua individualidade.

Na nossa creche, a sua criança será acompanhada em cada etapa do seu crescimento, respeitando o seu próprio ritmo e necessidades.

Nestas idades, começa a surgir a consciência de um mundo exterior ao “eu”. É através da relação com os outros e da cultura de grupo que se formam valores como o respeito, a empatia e a noção dos limites do espaço do próximo. Estimulando a relação com as outras crianças e adultos, a Lua Crescente tem tudo o que precisa para que cresça mais feliz e equilibrada.

Lua Crescente

É nesta fase da infância que se deve começar a estimular atitudes autónomas e responsáveis através de rotinas de alimentação, higiene e sono. Mas sempre respeitando o seu próprio ritmo!

A sua criança irá perceber que tem um espaço para ser ouvida e compreendida.

O trabalho realizado na creche e em casa devem ser complementares, para que todas as aprendizagens sejam mais consistentes. Por isso, a proximidade com os pais é fundamental para nós!
É na liberdade e responsabilidade que assenta a relação com a família das nossas crianças. Com este entendimento, irá notar nela um desenvolvimento maior e mais saudável!

A nossa Metodologia Pedagógica

Tendo por base o Movimento de Escola Moderna, a nossa forma de trabalhar recorre à Metodologia de Trabalho por Projetos, os quais dão oportunidade às crianças de serem uma parte ativa das atividades que são desenvolvidas, uma vez que nascem dos seus próprios interesses.

Concretizamos momentos de grupo, a partir dos quais os adultos estimulam, nas crianças, a consciência de si mesmo, do outro e do mundo exterior.

Lua Crescente

Atividades curriculares

Música

Música

Motricidade

Motricidade

Uma vez por semana. Incluído na mensalidade.

Atividades Extracurriculares

Inglês

Inglês

Acrescenta à mensalidade.

Equipa Pedagógica

Joana Conceição

Joana Conceição

Educadora Creche

Joana Conceição

Educadora Creche

Sabendo desde sempre que o seu caminho seria feito lado a lado com crianças, a Joana desde cedo sabia que o seu futuro seria como professora ou como educadora. Refere que foi logo no 9º ano que decidiu que seria educadora de infância e “nada mudou desde aí”! Trabalhando desde os seus 16 anos com crianças (em acompanhamento de grupos durante as atividades não letivas), uns anos mais tarde ingressou na Escola Superior de Educação de Lisboa e tornou-se Mestre em Educação Pré-Escolar.

 

Ao ser questionada sobre como vê o projeto da Lua Crescente, a Joana considera que “O projeto da Lua Crescente enquadra-se, sem dúvida, nas necessidades e imposições exigidas pela sociedade atual” reforçando que existe uma preocupação em “fazer crescer humanos conscientes da sua ação nos contextos em que se integram”. Para a Joana, o modelo pedagógico da Lua Crescente destaca-se por três motivos: i) a comunicação e cooperação com as famílias; ii) a metodologia pedagógica, de trabalho de projeto, que permite às crianças desenvolverem diversas competências e capacidades; iii) o facto de existirem as diversas valências – desde berçário a 1ºciclo, já que isso “permite a convivência e partilha entre crianças de várias idades”.

 

Quanto às crianças, o que mais a cativa é sem dúvida a espontaneidade e também a ingenuidade “que lhes permite estarem disponíveis para o outro e para o mundo, de braços abertos para conhecer, viver, crescer”. Para a Joana educar é quase poesia… “ Educar é, primeiro que tudo, escutar. Escutar com o coração, para perceber as necessidades do outro e o melhor modo de chegar até ele. É abrir os braços para acolher, proteger, acarinhar. É ser porto de abrigo e, ainda assim, ser causador de tempestades. Agitar ideias, provocar reações, encaminhar a novas descobertas, criar oportunidades de exploração e aprendizagem. É estar disponível para deixar entrar todos aqueles que precisam de nós e ajudá-los a encontrar o seu percurso para que deixemos de ser precisos.”.

 

Amante de sol, praia e piscina, a Joana adora viajar e “conhecer sítios, culturas e pessoas novas!”. Mas o que a deixa verdadeiramente feliz é estar com a família toda reunida à volta de uma mesa bem recheada, de preferência com comida italiana, a sua favorita, e reforça que nestes momentos “é sempre diversão garantida”!

 

Um dia mais tarde a Joana gostava de ser relembrada como “uma educadora carinhosa, que está sempre pronta a ajudar, que sabe brincar com as crianças e rir-se com elas e de si mesma!”, algo que decerto irá acontecer, pois o lema de vida da Joana é: “Se não sorrires para a vida, ela não sorri para ti!”. Sendo ela uma pessoa tão sorridente certamente que a vida ainda lhe vai sorrir muito…

Marisa Alves

Marisa Alves

Educadora Creche

Marisa Alves

Educadora Creche

O gosto pela educação surgiu na vida da Marisa no ensino secundário, num estágio na valência de Jardim de Infância integrado no curso de Animação Sociocultural. Até então, ser educadora de infância nunca tinha passado pelos seus planos de “o que queres ser quando fores grande”. Frequentou a Licenciatura em Educação Básica e o Mestrado em Educação Pré-escolar, na Escola Superior de Educação de Lisboa. Ao terminar os estudos, trabalhou num parque de diversões para crianças e, em 2016, iniciou o seu percurso como educadora de infância. A faixa etária que a fascina mais é a dos 1/ 2 anos por toda a sua parte emocional, carinho e disponibilidade que esta idade envolve.

 

A Marisa considera que o projeto educativo da Lua Crescente valoriza os saberes e as opiniões das crianças, tomando-a como parte ativa da sua aprendizagem; vai ao encontro da sua conceção de educar: dar ferramentas que orientem as explorações livres das crianças, para que possam aprender nos diversos momentos do dia-a-dia.

 

Em dias de chuva, adora ver filmes no sofá enquanto come pipocas. Gosta especialmente de comédias, até porque para a Marisa, “rir é o melhor remédio!”. 

Ana Santos

Ana Santos

Educadora Creche

Ana Santos

Educadora Creche

Ana Santos,

 

Desde cedo se recorda de querer ser educadora de infância... a mãe, [professora] ainda tentou demovê-la, mas sem sucesso ... esta escolha (con)sentida assentou principalmente no facto de acreditar que a educação pré-escolar [incluindo a creche] ser uma etapa fundamental, um pilar para as restantes aprendizagens ao longo da vida. É por valorizar o papel da criança e acreditar que com elas se pode construir um mundo melhor, e acreditar que pode dar o seu contributo para desenvolver cidadãos empenhados nessa construção, que a Ana escolhe e consente ser Educadora de Infância.

 

Mestre em Educação Pré-escolar, pela ESELx, já trabalha com crianças há (quase) 6anos e continua a dizer, todos os dias, que adora o que faz! Já passou por todas as salas de creche  (berçário, 1 ano e 2anos) e acredita que todas elas têm uma magia especial, algo que a cativa, cada uma à sua maneira...

 

Acreditando que educar é dar às crianças as ferramentas necessárias para que cresçam autónomas, e em pleno; é desafiar, despertar a curiosidade, ouvir,   apoiar,  proteger e orientar ... é estar presente e saber valorizar cada um; fica de coração cheio quando vê a evolução de cada uma das crianças que passa por si, sabendo que contribuiu de alguma forma para que cada uma delas, do seu jeito, cresça feliz e em harmonia.

 

Vê na Lua um projeto bastante desafiador, focado nos interesses e necessidades de cada criança. Um projeto onde as crianças têm voz ativa e a sua individualidade é valorizada e integrada no todo que é o grupo. Um projeto que procura valorizar os direitos e opiniões de cada criança em equilíbrio com o respeito pelas regras e deveres. Um projeto que pretende formar cidadãos livres e felizes, que saibam lidar com as suas emoções e sentimentos, para assim viver em harmonia com a natureza (e todos os que dela fazem parte), respeitando a sociedade.

 

Gostava que as crianças se lembrassem dela com um sorriso e ternura. Como alguém com quem elas passaram momentos de muita alegria e brincadeira e as ajudou a crescer um pouco mais a cada dia

 

Nascida e criada em terra de mar, adora praia e é junto ao mar que carrega energias. Gosto de passear e conhecer sítios novos; uma boa esplanada ao pôr-do-sol, estar com amigos e a família. Não gosta de intrigas! Quando lhe perguntamos o  que a faz rir, diz-nos “Tanta coisa, sou uma pessoa de riso fácil

 

Lema de vida? Ser feliz: um dia de cada vez, sempre com pensamento positivo = pensamentos positivos atraem coisas boas.

Carlota Vieira

Carlota Vieira

Educadora Creche

Carlota Vieira

Educadora Creche

Carlota Rodrigues Vieira é educadora de infância desde setembro de 2018, licenciada e mestre pela Escola Superior de Educação de Lisboa, realizou a sua investigação/ação e tese sobre os comportamentos pró-sociais de crianças dos 0 aos 5 anos.

 

Trabalhou com crianças enquanto treinadora de ginástica acrobática, durante 5 anos e diz querer ser “professora” desde pequena.

 

Para si, educar é criar uma base harmoniosa entre carinho, regras, diversão, concentração, agitação, sossego, liberdade, controlo, autonomia e apoio... no sentido de apoiar o crescimento e desenvolvimento de crianças conscientes do “eu” mas, também, do “eu com os outros”. Assim, o projeto da Lua Crescente cativa-a pela importância dada ao desenvolvimento social e pessoal das crianças – tão ou mais importante como “saber fazer” é “saber ser”, tal como a relação estabelecida entre escola e família, como sendo a continuação uma da outra e não “dois mundos à parte” na vida de uma criança.

 

Gosta de frontalidade, simpatia, viajar, ir ao cinema e comer chocolate. Em relação às crianças, afirma gostar da sua autenticidade, da felicidade das pequenas conquistas e do deslumbramento pelo mundo que as rodeia, assim como o crescente sentido de responsabilidade e progressiva estruturação das brincadeiras, já num ambiente de jardim-de-infância. Detesta aranhas, coisas desarrumadas e ser esquecida, mas se lhe derem uns rissóis de camarão, ela é feliz! (e já agora umas sobremesas!…).

 

Pratica yoga e ginásio, tentando manter um estilo de vida saudável e afirma que gostava de ser lembrada pelas crianças que já passaram por si como alguém em quem puderam confiar, brincar, procurar conforto e ajuda.

Vera Rocha

Vera Rocha

Auxiliar Creche

Carina César

Carina César

Auxiliar Creche

Carina César

Auxiliar Creche

Em pequena, a Carina sonhava ser bióloga marinha, mas pelo caminho mudou o rumo e foi tirar o curso de técnica de apoio à infância na ESCO, em Torres Vedras. A trabalhar nesta área há 6 anos, já passou por todas as valências desde o Berçário até ao 3.º ciclo, e também já prestou apoio numa unidade de ensino especial.

 

O que mais a atrai nas crianças são os desafios que nos apresentam, os sorrisos fáceis e a forma simples e genuína como transmitem amor, mas também a imaginação que têm...

 

A Carina afirma que a evolução constante das crianças é algo que a fascina e a faz refletir sobre a profissão que escolheu e acreditar, todos os dias, que tomou a decisão certa.   

 

Para a Carina, a Lua Crescente é como uma família onde todos os membros dão parte da sua experiência e formação para que seja um lugar melhor, todos os dias. Um projeto bem orientado e cuidado onde cada criança pode crescer de forma livre e desenvolver as suas competências com todas as bases necessárias.

 

Acredita que educar é ensinar a crescer de forma saudável e autónoma sem esquecer a importância de brincar, porque, na sua visão, brincar é evoluir, descobrir, imaginar, cuidar, entender e perguntar mostrando em cada brincadeira que há sempre algo novo a descobrir.

 

Gostava que as crianças a recordassem com felicidade no olhar, como alguém que as ajudou e ensinou no seu percurso, sem esquecer as mil gargalhadas que deram juntas, nem as brincadeiras.

 

Caracteriza-se como uma pessoa feliz, mas o que realmente a deixa sorridente é a irmã – é com ela que acontecem as gargalhadas mais verdadeiras e genuínas.  Gosta de um bom dia de praia ou piscina rodeada de amigos e um jogo de cartas. É fã de adrenalina e de atividades radicais e não dispensa uma ida ao teatro.  Detesta mentiras!

 

Como lema de vida a Carina defende que “desistir é morrer” e “lutando vencerás”.

Cláudia Monteiro

Cláudia Monteiro

Auxiliar Creche

Cláudia Monteiro

Auxiliar Creche

Quando era criança, a Cláudia, tinha o sonho de ser veterinária, mas o seu caminho chegou às crianças, a partir do momento em que escolheu o curso de Técnica de Apoio Psicossocial.

 

Adora passear ao ar livre, ir à praia e sobretudo estar com a família.

 

O que mais gosta nas crianças é o carinho que elas lhe oferecem todos os dias e forma como estão sempre a aprender. Para ela, educar é estimular, desenvolver e orientar as descobertas das crianças e, por isso mesmo, identifica-se com o projeto da Lua Crescente, o qual considera que dá voz às crianças e todos aprendem com todos. Também a relação de confiança e transparência que temos com as famílias é para ela um pilar importante deste projeto. O seu trabalho diário está centrado no afeto e na transmissão de valores.

 

A Cláudia cativa todos os que a rodeiam com o seu sorriso e com a sua energia e o seu lema de vida é: “O que não te desafia, não te transforma.”

Luísa Pombo

Luísa Pombo

Auxiliar Creche

Luísa Pombo

Auxiliar Creche

A Luísa Pombo, mais conhecida pela nossa “Pomba”, pensava que iria ser Assistente Social num estabelecimento prisional e acabou por ir para a área da Educação, frequentando o curso de Educadores de Infância (que não concluiu) e depois o curso de Técnica de Ação Educativa... e passou a trabalhar na área. Hoje, a Luísa tem já 30 anos de experiência e já passou pelas várias valências (desde o Berçário até ao Jardim de Infância).

 

Gosta muito de viver entre as crianças, principalmente a partir dos 3 anos, em que elas já se expressam melhor oralmente e o que mais a cativa é a sua espontaneidade e alegria. Gostava de ser lembrada por elas como alguém que as ajudou a crescer!

 

Quando questionada sobre a Lua Crescente, diz que gosta do Projeto porque dá voz às crianças e famílias, o que origina uma relação de confiança entre todos os intervenientes da comunidade Educativa.

 

Para a Luísa, educar é dar amor e carinho mas com regras.

 

Nos tempos livres, gosta de ler e não dispensa um bom dia de praia!

Instalações

A amplitude dos espaços interiores e exteriores é uma das principais características da Lua Crescente, bem como a excelente iluminação de todas as salas.

Na Lua Crescente existem:

  • 4 salas adequadas à faixa etária.

As nossas salas têm vários polos de aprendizagem adaptados, tais como área do faz de conta, garagem, cozinha, pintura, casinha e jogos de construção. Na creche, as casas de banho são adaptadas às crianças, assim como o refeitório.

Quer conhecer a Creche da Lua Crescente, onde a sua criança vai ser feliz?

Marque a sua visita à creche Lua Crescente

Higiene

As crianças são incentivadas a realizar ações como lavar as mãos, fazer a própria higiene e vestir e despir, sempre com a orientação das auxiliares e educadoras.

A fase do desfralde, que ocorre nesta idade, é uma questão individual que não segue padrões - cada caso é um caso. É por isso que personalizamos esta etapa a cada criança, respeitando o seu ritmo em primeiro lugar.

Na Lua Crescente utilizamos produtos de qualidade que não comprometam o bem-estar das crianças.

É ainda obrigatório o uso de sapatos descartáveis por todas as pessoas que entram nas nossas instalações por motivos de higiene, uma vez que as crianças brincam, muitas vezes, no chão.

Alimentação

Uma alimentação que contribui para a saúde e bem-estar da sua criança é uma prioridade para nós. É por isso que apostamos na comida de origem biológica, sempre que possível, fruto da parceria com a Bebé Gourmet.

Nesta fase, a alimentação é em grupo e com ementas semanais, que são disponibilizadas aos pais. Ainda assim, são respeitadas as restrições e opções alimentares – dispomos de opções sem lactose, sem glúten ou vegetariana.

Perguntas Frequentes

1

Qual a altura ideal para o desfralde da criança?

Não existe uma altura ideal, pois cada criança é uma criança e as suas necessidades são diferentes. A ideia de que o desfralde deve ser feito no verão é também um mito! Se a criança estiver preparada, pode até ocorrer no inverno.

2

O meu filho tem de deixar de usar chucha?

Esta é uma questão que, tal como o desfralde, depende de criança para criança. É importante conhecer as suas necessidades e auxiliar no processo de transição. Fundamentalmente, não devem existir comparações porque podem levar à frustração. No entanto, estas transições não devem ocorrer numa altura de grandes mudanças, como o nascimento de um irmão, por exemplo. Poderá ser excessivo para a criança passar por todas essas alterações ao mesmo tempo.

3

Como devo vestir o meu filho para a creche?

Sabemos que todos os pais gostam de ver os seus filhos bonitos. No entanto, as roupas utilizadas podem não ser adequadas para a creche. Nesta fase, em que eles aprendem a vestir e a despir, é importante que levem roupa confortável e prática. Evite as jardineiras, colchetes e botões!

4

Se eu quiser visitar o meu filho, posso fazê-lo?

Na Lua Crescente, os pais são sempre bem-vindos. Se assim o desejarem, podem participar nas atividades da sala, após combinar com a educadora responsável. No entanto, esta é uma questão que deve ser pautada pelo bom senso, não prejudicando o desenvolvimento do grupo.

5

Devo levar o meu filho na hora de conhecer a creche?

É importante que os pais e as crianças visitem as instalações para poderem perceber como reagem ao ambiente.